Dia Nacional do Aposentado fala de sabedoria e prazer na nova fase

Em comemoração ao Dia Nacional do Aposentado, 24 de janeiro, você lê a seguir depoimentos de ex-empregados da Vale no Rio de Janeiro que encontraram prazer e souberam lidar com essa nova e rica etapa da vida de forma sábia e produtiva.

A aposentadoria é a esperada hora de descobrir novos interesses e realizar outros projetos.

Ana Lucia Guimarães

“Aposentadoria para mim é ter tempo de fazer o que não fazia quando estava trancada em um escritório. Tenho um projeto social chamado “Projeto Semeando o Bem-Viver”, com colegas da Vale, que ajuda pessoas de comunidades, principalmente crianças. Frequento a Aposvale e participo de tudo o que possa me trazer bem-estar e alegria”.
 
Luiz Carlos Tavares

“Faço atividades físicas pelo menos cinco dias na semana. Vou ao teatro e cinema frequentemente, faço parte de um projeto social (clube da leitura, com gravação de livros para deficientes visuais) e viajo, em média, quatro vezes ao ano. Recomendo a quem está próximo à aposentadoria fazer um planejamento das atividades de que gosta, combinado com uma poupança, para ter tranquilidade depois”.

Maria da Penha Daudt

“Gosto de fazer trilhas e viagens curtas. Após a aposentadoria, minha relação melhorou em família, com meus filhos. E agora tenho mais tempo para cultivar amizades”.

Maria José da Purificação

“É preciso encarar a aposentadoria numa boa, sem pensar que é um fim. Estar sempre atualizado, fazer cursos e amigos. Cuidar da saúde, saber lidar com a liberdade. Devemos ver essa fase como um presente”.