Atenção ao pagar seus boletos para não ser vítima de fraude

As fraudes em boletos vêm se tornando cada vez mais recorrentes. Em casos mais comuns, o código de barras dos títulos de cobrança são adulterados para que o valor pago seja depositado em uma conta indevida. O nome da empresa pode aparecer nos boletos e os valores cobrados confundem as vítimas, que acreditam tratar-se de uma cobrança obrigatória.

A fim de orientar os beneficiários sobre a análise dos boletos para reconhecerem documentos falsos, que podem ser entregues no endereço residencial ou ser emitidos pela internet ou aplicativo de mensagens, compartilhamos algumas dicas:

1. Sempre compare as informações contidas no boleto — seja o boleto digital ou o documento impresso que chega na residência — com os dados dos boletos que já foram pagos nos meses anteriores. O valor, o nome do beneficiário, a marca e o código do banco e a numeração do boleto devem ser iguais em todos os documentos.

2. A área restrita do associado no site do PASA possui um certificado digital que garante a autenticidade do acesso e permite a emissão segura de boletos. É importante que o usuário se atente ao cadeado fechado que aparece antes do https:// no navegador. Também é possível gerar a 2ª via de boleto com segurança diretamente na página www.saudepasa.com.br/segunda-via-boleto.














 

 

 

3. O usuário pode consultar o portal PASA um dia útil após o pagamento e conferir se o plano recebeu o crédito da operação. A situação aparece como PAGO. Desta forma, o usuário não será surpreendido com uma suspensão ou desligamento por falta de pagamento.


Outras orientações importantes:

É essencial que o antivírus do seu computador esteja sempre atualizado. Caso seja necessário imprimir um boleto pela internet, evite utilizar computadores que você não conhece e redes wi-fi abertas.

Se identificar erros de português, manchas ou borrões na impressão, formatação fora do padrão ou qualquer outra característica que pareça estranha, desconfie.

Se receber ligações ou mensagens de e-mail informando sobre a necessidade de substituição de boletos de cobrança já recebidos, desconfie. O PASA e o banco já têm os dados, por isso nunca passe informações pessoais por telefone ou e-mail.

Em caso de pagamento do boleto com suspeita de fraude, o usuário deverá dirigir-se ao estabelecimento onde a operação foi realizada e solicitar informações de como proceder.

Na dúvida, não efetue o pagamento e entre em contato com o PASA para receber orientações, através da Central de Relacionamento: 4004-0183 (capitais) ou 0800 722 0183 (demais regiões).